Novidads do Fedora 9

  • PackageKit, um sistema de gerenciamento de pacotes independente de distribuição que pode rodar em várias, permitindo o uso e a conversão automática de pacotes de várias distros para instalação na que você estiver usando.
  • Gnome 2.22, e KDE 4.0.3, versões bem recentes. O KDE 4.1 será incluso como atualização no sistema em julho, assim que for lançado.
  • O Network Manager foi melhorado, facilitando o gerenciamento de múltiplos dispositivos de rede ativos; suporte a ad-hoc; suporte a cartões de acesso móvel (GSM/CDMA) via PPP; configuração válida para o sistema inteiro baseando-se no PolicyKit.
  • O Firefox 3 beta 5 é incluso no sistema. Além de consumir menos memória frente ao Firefox 2.x, essa versão tem melhorias e facilidades no gerenciamento de favoritos, na complementação e sugestão de URLs na barra de endereços, entre várias outras coisas.
  • O SELinux pode opcionalmente confinar plugins dos navegadores para torná-los mais seguros, fechando possíveis brechas.
  • O sistema inclui o OpenJDK, uma distribuição livre e aberta do Java SDK, da Sun.
  • As atualizações no X.org permitem que ele seja inicializado e finalizado muito mais rápido. A configuração de vídeo está melhor, incluindo suporte a hot-plugging.
  • Dicionários consolidados. Várias aplicações usando dicionários de palavras diferentes deixa o usuário perdido, tendo que personalizar e se adaptar a cada dicionário – onde um tem algumas palavras que outros não têm, além da necessidade de incluir as palavras personalizadas em vários deles. O Fedora trabalha com pacotes modificados de várias aplicações, unificando os dicionários em um só. Entre elas, estão o OpenOffice, Firefox, Thunderbird, GNOME e KDE.
  • Melhorias no suporte a Bluetooth, facilitando o envio e recebimento de arquivos.
  • O Anaconda, instalador do Fedora, traz várias melhorias. Há suporte para redimensionamento de partições ext2, ext3 e NTFS durante a instalação; criação de sistemas de arquivos criptografados; suporte experimental ao ext4 (sendo necessário passar o parâmetro “ext4” durante o boot para ativá-lo); suporte para instalação nativa em máquinas x86_64 EFI com boot via GRUB; há melhorias no suporte a instalação via rede e na recuperação do sistema, com a introdução do netinst.iso.
  • O PreUpgrade permite atualizar facilmente do Fedora 7 para o Fedora 8, ou do Fedora 7 ou 8 para o 9.
  • O LiveUSB Creator cria facilmente uma imagem incializável num dispositivo USB, tendo inclusive uma interface para Windows – que extrai os arquivos originais de uma mídia ou arquivo ISO do Fedora.
  • Entre várias outras menores.

Apesar das muitas novidades do Fedora 9, já começam a trabalhar no Fedora 10, esperado para novembro – mas vá devagar 🙂

O Fedora 9 final está disponível em DVD, para instalação completa, além de dois liveCDs, com Gnome e KDE – em versões para diferentes arquiteturas.

Uma lista das novidades com vários screenshots pode ser lida em:

http://fedoraproject.org/wiki/Releases/9/ReleaseSummary

Download:

http://fedoraproject.org/pt_BR/get-fedora

Anúncio público no site da Red Hat, patrocinadora do projeto:

http://www.redhat.com/about/news/prarchive/2008/fedora9.html

Guia do Hardware

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: