Arquivo de maio, 2008

Pesquisadores criam sistema que previne criação de domínios maliciosos

Posted in Segurança on maio 23, 2008 by Case

A pedido do órgão responsável pela administração da internet, o National Institute of Standards and Technology (NIST) desenvolveu uma ferramenta que evita a criação de novas extensões de domínio parecidas com os já existentes, como .net ou .com.

O algoritmo tem por objetivo evitar que novas extensões se confundam com as já existentes, evitando fraudes e combatendo confusões visuais.

Ainda este ano, a Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (Icann) vai receber propostas para novas extensões de domínio.

A ferramenta do NIST faz a avaliação pela semelhança visual, comparando domínios como ‘.c0m’ – que usa o número zero no lugar da letra ‘o’ – com o original, ‘.com’. Neste caso, há 88% de similaridade visual.

O sistema pode evitar que crackers criem endereços muito parecidos com os de sites reais para hospedar códigos maliciosos e aplicar golpes online.

IDG Now

Novidads do Fedora 9

Posted in Linux on maio 23, 2008 by Case
  • PackageKit, um sistema de gerenciamento de pacotes independente de distribuição que pode rodar em várias, permitindo o uso e a conversão automática de pacotes de várias distros para instalação na que você estiver usando.
  • Gnome 2.22, e KDE 4.0.3, versões bem recentes. O KDE 4.1 será incluso como atualização no sistema em julho, assim que for lançado.
  • O Network Manager foi melhorado, facilitando o gerenciamento de múltiplos dispositivos de rede ativos; suporte a ad-hoc; suporte a cartões de acesso móvel (GSM/CDMA) via PPP; configuração válida para o sistema inteiro baseando-se no PolicyKit.
  • O Firefox 3 beta 5 é incluso no sistema. Além de consumir menos memória frente ao Firefox 2.x, essa versão tem melhorias e facilidades no gerenciamento de favoritos, na complementação e sugestão de URLs na barra de endereços, entre várias outras coisas.
  • O SELinux pode opcionalmente confinar plugins dos navegadores para torná-los mais seguros, fechando possíveis brechas.
  • O sistema inclui o OpenJDK, uma distribuição livre e aberta do Java SDK, da Sun.
  • As atualizações no X.org permitem que ele seja inicializado e finalizado muito mais rápido. A configuração de vídeo está melhor, incluindo suporte a hot-plugging.
  • Dicionários consolidados. Várias aplicações usando dicionários de palavras diferentes deixa o usuário perdido, tendo que personalizar e se adaptar a cada dicionário – onde um tem algumas palavras que outros não têm, além da necessidade de incluir as palavras personalizadas em vários deles. O Fedora trabalha com pacotes modificados de várias aplicações, unificando os dicionários em um só. Entre elas, estão o OpenOffice, Firefox, Thunderbird, GNOME e KDE.
  • Melhorias no suporte a Bluetooth, facilitando o envio e recebimento de arquivos.
  • O Anaconda, instalador do Fedora, traz várias melhorias. Há suporte para redimensionamento de partições ext2, ext3 e NTFS durante a instalação; criação de sistemas de arquivos criptografados; suporte experimental ao ext4 (sendo necessário passar o parâmetro “ext4” durante o boot para ativá-lo); suporte para instalação nativa em máquinas x86_64 EFI com boot via GRUB; há melhorias no suporte a instalação via rede e na recuperação do sistema, com a introdução do netinst.iso.
  • O PreUpgrade permite atualizar facilmente do Fedora 7 para o Fedora 8, ou do Fedora 7 ou 8 para o 9.
  • O LiveUSB Creator cria facilmente uma imagem incializável num dispositivo USB, tendo inclusive uma interface para Windows – que extrai os arquivos originais de uma mídia ou arquivo ISO do Fedora.
  • Entre várias outras menores.

Apesar das muitas novidades do Fedora 9, já começam a trabalhar no Fedora 10, esperado para novembro – mas vá devagar 🙂

O Fedora 9 final está disponível em DVD, para instalação completa, além de dois liveCDs, com Gnome e KDE – em versões para diferentes arquiteturas.

Uma lista das novidades com vários screenshots pode ser lida em:

http://fedoraproject.org/wiki/Releases/9/ReleaseSummary

Download:

http://fedoraproject.org/pt_BR/get-fedora

Anúncio público no site da Red Hat, patrocinadora do projeto:

http://www.redhat.com/about/news/prarchive/2008/fedora9.html

Guia do Hardware

“Computador vivo” é construído com bactérias geneticamente modificadas

Posted in Notícias on maio 23, 2008 by Case

Pesquisadores construíram um “computador vivo”, utilizando bactérias geneticamente modificadas. A experiência é mais uma demonstração de que a computação utilizando organismos vivos é factível.

Recentemente, dois pesquisadores fizeram um levantamento de todos os estudos que envolvem o processamento biológico da informação e concluíram que podemos estar a caminho de um futuro não-eletrônico (veja Processamento biológico da informação abre caminho para um futuro não-digital).

Agora, uma equipe de biólogos e matemáticos adicionou genes a bactérias Escherichia coli que as transformaram em computadores bacterianos, capazes de resolver um enigma matemático que os pesquisadores chamam de “problema das panquecas queimadas.”

Problema das panquecas queimadas

Esse problema inusitado começa com uma pilha de panquecas de diferentes tamanhos, cada uma com uma face dourada e outra queimada. O objetivo do jogo é ordenar essa pilha de tal forma que as maiores panquecas fiquem por baixo e todas elas fiquem com seus lados dourados para cima.

Computadores bacterianos

No experimento, os pesquisadores utilizaram fragmentos de DNA como panquecas e adicionaram genes de um tipo diferente de bactéria pra permitir que a E. coli virasse das “panquecas de DNA.”

Eles também acrescentaram um gene que torna a bactéria resistente a um antibiótico específico, mas somente quando os fragmentos de DNA têm que ser invertidos, ou seja, quando as panquecas têm que ser viradas.

“O sistema oferece várias vantagens potenciais sobre os computadores convencionais,” diz a cientista Karmella Haynes. “Um único frasco pode conter bilhões de bactérias, cada uma das quais pode potencialmente conter várias cópias do DNA utilizado nos cálculos. Esses ‘computadores bacterianos’ poderão funcionar em paralelo, significando que as soluções poderão ser encontradas mais rapidamente do que com os computadores convencionais, usando menos espaço e a um custo menor.”

Paralelismo orgânico

Além do paralelismo, a computação bacteriana também tem o potencial para gerar “processadores” capazes de se autoconsertar e, eventualmente, capazes de evoluir com o uso.

Para conhecer outras pesquisas que envolvem a utilização de organismos vivos na computação, veja Grave seus dados no DNA de uma bactéria e deixe-os passar de geração em geração, Bactéria geneticamente modificada tira fotografia de alta resolução e Bactérias poderão ajudar a construir chips mais velozes.

Inovação Tecnológica

Trate bem o seu amigo: o cara da informática

Posted in Besteira on maio 23, 2008 by Case

1. O cara da informática dorme. Pode parecer mentira, mas o cara da informática precisa dormir como qualquer outra pessoa. Esqueça que ele tem celular e telefone em casa, ligue só para o escritório;

2. O cara da informática come. Parece inacreditável, mas é verdade. O cara da informática, também, precisa se alimentar e tem hora para isso;

3. O cara da informática pode ter família. Essa é a mais incrível de todas: mesmo sendo um cara da informática, a pessoa precisa descansar no final de semana para poder dar atenção à família, aos amigos e a si próprio, sem pensar ou falar em (…infor……), impostos, formulários, concertos e demonstrações, manutenção, vírus e etc, …;

4. O cara da informática, como qualquer cidadão, precisa de dinheiro. Por essa você não esperava, né? É surpreendente, mas o cara da informática também paga impostos, compra comida, precisa de combustível, roupas e sapatos, e ainda consome Lexotan para conseguir relaxar… Não peça aquilo pelo que não pode pagar ao cara da informática;

5. Ler, estudar também é trabalho. E trabalho sério. Pode parar de rir. Não é piada. Quando um cara da informática está concentrado num livro ou publicação especializada ele está se aprimorando como profissional, logo trabalhando;

6. De uma vez por todas, vale reforçar: O cara da informática não é vidente, não joga tarô e nem tem bola de cristal, pois se você achou isto demita-o e contrate um paranormal ou detetive. Ele precisa planejar, se organizar e assim ter condições de fazer um bom trabalho, seja de que tamanho for. Prazos são essenciais e não um luxo… Se você quer um milagre, ore bastante, faça jejum, e deixe o pobre do cara da informática em paz;

7. Em reuniões de amigos ou festas de família, o cara da informática deixa de ser o cara da informática e reassume seu posto de amigo ou parente, exatamente como era antes dele ingressar nesta profissão. Não peça conselhos, dicas… ele tem direito de se divertir;

8. Não existe apenas um “levantamentozinho”, uma “pesquisazinha”, nem um “resuminho”, um “programinha pra controlar minha loja”, um “probleminha que a maquina não liga”, um “sisteminha”, uma “passadinha rápida (alias conta-se de onde saimos e até chegarmos)”, pois esqueça os “inha e os inho (programinha, sisteminho, olhadinha, )” pois OS caras da informática não resolvem este tipo de problema. Levantamentos, pesquisas e resumos são frutos de análises cuidadosas e certamente precisam de atenção e dedicação. Esses tópicos podem parecer inconcebíveis a uma boa parte da população, mas serve para tornar a vida do cara da informática mais suportável;

9. Quanto ao uso do celular: celular é ferramenta de trabalho. Por favor, ligue, apenas, quando necessário. Fora do horário de expediente, mesmo que você, ainda, duvide, o cara da informática pode estar fazendo algumas coisas que você nem pensou que ele fazia, como dormir ou namorar, por exemplo;

10.Pedir a mesma coisa várias vezes não faz o cara da informática trabalhar mais rápido. Solicite, depois aguarde o prazo dado pelo cara da informática;

11.Quando o horário de trabalho do período da manhã vai até 12h, não significa que você pode ligar às 11:58 horas. Se você pretendia cometer essa gafe, vá e ligue após o horário do almoço (relembre o item 2). O mesmo vale para a parte da tarde: ligue no dia seguinte;

12.Quando cara da informática estiver apresentando um projeto, por favor, não fique bombardeando com milhares de perguntas durante o atendimento. Isso tira a concentração, além de torrar a paciência. ATENÇÃO: Evite perguntas que não tenham relação com o projeto, tipo como… Vocês entendem é claro!

13.O cara da informática não inventa problemas, não muda versão de Windows, não tem relação com vírus, não é culpado pelo mal uso de equipamentos, internet e afins, não reclame, o cara da informática com certeza fez o possível para você pagar menos. Se quiser emendar, emende, mas antes demita o cara da informática e contrate um quebra galho;

14.Os caras da informática não são os criadores dos ditados “o barato sai caro” e “quem paga mal paga em dobro”. Mas eles concordam…;

15.E, finalmente, o cara da informática também é filho de DEUS e não filho disso que você pensou…

NeTBz

Fotos do fisl 9.0

Posted in Linux on maio 21, 2008 by Case

Demoro mais chego.

Aqui estão as fotos que eu tirei no fisl.

Se você estiver nela e não gosto me avisa que eu tiro. 🙂

No stress

Não me processa viu

hehe

SP3

Posted in Microsoft on maio 18, 2008 by Case

Ele é o sistema operacional mais popular do planeta, mas seu reinado está prestes a terminar.

Ainda que esteja sob pressão para estender o prazo, a Microsoft já reafirmou que o suporte convencional do Windows XP termina em 30 de junho (embora o CEO da empresa, Steve Ballmer, tenha aventado a possibilidade de extensão).

Na última etapa formal do Windows XP, a Microsoft oferecerá para a comunidade em geral o Service Pack 3, última grande atualização do sistema operacional lançado em 2001, que teve seu mais recente pacote de modificações divulgado há quase quatro anos.

(…)

No quesito novidades, é possível considerar o Service Pack 2, de 2004, como a última grande atualização do Windows XP.

Ao invés de introduzir novidades como firewall e novos suportes a redes sem fio,  o novo pacote de atualizações reúne todas as correções de segurança para o Windows XP junto a novidades pontuais no sistema operacional, majoritariamente ligadas a segurança.

O novo detector de “black holes” em roteadores alerta usuários sobre o descarte de pacotes de dados feitos pelos equipamentos de rede, enquanto a Network Access Protection (NAP), presente no Windows Vista, é uma plataforma de segurança de rede que define parâmetros para que diferentes máquinas tenham acesso à rede local.

Com a atualização, o Windows XP também detalhará com mais informações mudanças nas configurações de segurança do sistema. Já o Kernel Mode Cryptographic Module integra diferentes algoritmos de encriptação para melhorar a integração de drivers com o kernel do sistema operacional.

Por fim, o Windows XP SP3 não exige mais que o usuário digite seu código de acesso antes do término da instalação completa do sistema operacional, sistema também presente no Windows Vista para combater a proliferação de cópias piratas do Windows.

Artigo completo no site do IDG Now!

Código-fonte do Windows Vista

Posted in Besteira on maio 18, 2008 by Case

Microsoft mais uma vez subestimou a capacidade dos programadores e se deixou ser descoberta.

Aqui o Código-Fonte completo do Windows Vista, creio que não haja novidades, todo mundo já tinha idéia de parte deste código.

Oveer Geek Blog